Degas – Síntese pensamentística…

Em plena vagabundagem, com muita disposição…

é esse o refrão do sábado..

Pra começar, um rascunho da prancha de hist d arte…

 

Degas buscou a inovação por meio das referências do passado. Seus trabalhos como copista do Louvre e sua profunda admiração e contemplação pelo trabalho de Giotto, de fato, legaram ao artista uma maneira característica de construção do pensamento artístico.

Sua criação está vinculada , no ínício, aos temas mitológicos e históricos. Essa é uma herança do Academicismo ao qual foi submetido no Liceu e nas escolas que frequentou. Dessa forma, Degas soube vincular as características desse mundo categórico-acadêmico a sua necessidade de renovação. Sua produção passa por progressiva transformação. Pouco a pouco desenvolve uma forma peculiar de composição onde retrata, em grande parte de seus quadros, elementos solitários, fora do conjunto. Assim percebemos em ” O absinto”  claramente. Além disso, um estudo mais aprofundado revela que o artista esboçava vários escorços separadamente e , após um estudo prévio, compunha sua obra final na forma de quadro. É como se fossem fotografias de instantes desconjuntados que, sob o toque divino de Degas, assumem uma unidade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s